domingo, 25 de setembro de 2011

CRIAÇÃO MONOGÂMICA E POLIGÂMICA

Se o objetivo for a
criação monogâmica (um casal por gaiola), este casal deverá ficar
confinado em uma gaiola-criadeira com espaço suficiente para estes
moradores. Se a criação for poligâmica (um macho para várias
fêmeas) cada fêmea deverá ocupar sua própria gaiola-criadeira e, o
macho, a sua. Os reprodutores serão unidos quando o macho estiver
fogoso e cantando e, a fêmea, pedindo gala. Depois da gala o macho
volta para sua gaiola. Esta operação geralmente é feita durante um ou
dois dias (alguns criadores usam três/quatro dias) para que todos os
ovos sejam fertilizados. Toda gaiola deve ter as acomodações
necessárias de molde a atender as necessidades espaciais das
espécies nelas mantidas. As melhores gaiolas criadeiras são aquelas
que têm grade acima do piso ou da bandeja de fundo, evitando que as
aves tenham contato direto com os excrementos.

Nenhum comentário: